quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O meu coração continua a ter apenas uma cor: azul e branco

Aí está à porta o início da Premier League:


Se vamos emigrar e deixar o nosso país do coração então há que fazê-lo como deve ser*

Isto digo eu parafraseando (embora num contexto diferente) um toxicodependente que recentemente foi à minha farmácia para fazer troca de seringas, e que à pergunta: "what drug do you use with these needles?" respondeu: "Heroin... and Cocaine... If you do it at least you do it properly..."


*Digo isto num sentido amplo, no sentido em que qualquer emigrante deve experienciar e viver ao máximo a realidade e cultura deste novo país em que vive, e não necessariamente que só quem acompanha de perto e vibra com  algo de certa forma fútil como o desporto rei na Inglaterra é que vive essa experiência ao máximo.

PS: Antes que alguém lance boatos maliciosos, confirmo desde já que já era adepto do Blackburn Rovers desde pequenino. É uma sorte que o clube mais barato da premier league tenha o estádio bem pertinho, cerca de uma cerveja a pé da minha casa.

1 comentário: