domingo, 4 de agosto de 2013

O Porco

é um animal especial.

As minhas bebés nasceram com 1,5 - 1,7 kg e agora que completaram 6 meses pesam 6 - 7kg. Já começam a  tentar virar-se de barriga para baixo para barriga para cima e vice versa. Ainda não conseguem segurar no biberão sozinhas de forma a alimentarem-se.

O porco, um mamífero evoluído (ie não é um marsupial), e que é não muito distante do ser humano em termos evolutivos, sendo omnívoro,  nasce com 1kg e logo consegue procurar alimento e andar sem qualquer tipo de ajuda. Aos 6 meses um porco normal pesa certa de 100kg. (multiplica por 100x o seu peso em 6 meses).

Dá que pensar.

8 comentários:

  1. Adoro quanto os "recém-pais" não perdem o seu sentido de humor ;-p

    E um porco ainda te dava um bom presunto, umas chouriças e muito lombinho para assar, loooool

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E todos os enchidos... tens razão, o Porco é mesmo o meu animal favorito

      Eliminar
  2. Isto foi profundo!
    Abraço
    Jorge Rodrigues

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este blog é assim, profundo e inteligente.

      Eliminar
  3. Assim sendo, as tuas ninas são muito novas para mim.
    Mas quando tiveres um porco dessa idade, conta comigo para o "cerrasco"!

    ResponderEliminar
  4. Não sabia da "novidade".
    Parabéns aos papás!

    Enquanto recém papá, também me assaltou essa questão do post!
    E não é só o porco. Basicamente qualquer mamífero nasce e em poucos minutos/horas está pronto a andar e procurar alimento.

    Os humanos nascem mais cedo do que a sua evolução determinaria à partida. Como temos de passar por um canal que não alarga mais do que os 10-15 cm, temos de nascer antes de os nossos cérebros apresentarem maturidade suficiente para a semi-autonomia.

    É o preço a pagar por termos cérebros mais desenvolvidos...
    Aqui entre nós, uns mais que outros! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns também a vós!

      Acho que vale bem "esse preço a pagar" :)

      Eliminar
  5. Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

    http://ocarteiravazia.blogspot.com/

    ResponderEliminar