sábado, 20 de novembro de 2010

Swine Flu Diagonsis DIY*



Pois é cá volto a falar na Gripe A H1N1, conhecida por aqui como "Swine Flu"... A verdade é que faz parte do meu dia-a-dia e tenho tido muitas noites mal dormidas a sonhar com este amigo... O Mr Influenza já é dos meus melhores amigos por aqui...

Ora bem, a escala da Swine Flu no UK é verdadeiramente pandémica, sendo que só na última semana foram diagnosticados 100 000 novos casos! Toda a gente tem um vizinho/amigo/familiar que já foi infectado. Não é verdade camarada Guedes?

Até agora, qualquer pessoa com sintomas sugestivos da Gripe A era aconselhado a não visitar o médico, mas ou ligar para a linha nacional de saúde (NHS Direct) ou ligar para o centro de saúde. De qualquer das formas falaria sempre com um médico que após algumas perguntas concluiria se se tratava de Gripe A ou não. Em caso positivo o médico enviaria um fax assinado com os detalhes do paciente e medicação para um ponto de recolha do antiviral. Um "Flu-Friend", com identificação dele próprio e do infectado com o H1N1, recolheria a medicação de um "collection point" onde receberia todo o aconselhamento por parte de um farmacêutico.

Esta semana com 100 000novos casos o NHS entrou em ruptura e tomou novas medidas.


Não sei bem que opinião tenho sobre as medidas e emergência tomadas plo NHS sherlock
Basicamente criaram o que lhe chamo "Swine Flu Diagnosis - DIY"!

Quem é que precisa de médicos? Sempre soube que era uma profissão pouco relevante para a sociedade,lol e esta é a prova final!

Assim criaram uma linha específica para a Gripe A e um site na internet:
Quem tiver sintomas sugestivos de Gripe pode aceder ao site dedicado à Gripe Pandémica e responder a uma sucessão de perguntas. As respostas são sempre "Yes" ou "No" (Tipo "Tem Febre acima de 38ºC?", "Está grávida?", "Tem dores musculares e nas articulações?" e no final já com as mãos suadas e palpitações recebemos o diagnóstico! Caso Positivo o paciente recebe uma Referência alfanumérica. Com essa referência (16 digitos) um "Flu-Friend" dirige-se a qualquer ponto de recolha do antiviral (Oseltamivir ou Zanamivir) e recebe a medicação e o aconselhamento por parte do farmacêutico. É neste ponto que me encontro, num "Collection Point". Lá recebo Flu-Friends com a referência que quando introduzida no site do NHS apresenta todos os dados do paciente (Sexo/Idade/Morada) e a medicação a dispensar. (A dose resulta directamente da idade do paciente).
Depois esse Flu-Friend recebe por parte do farmacêutico todo aconselhamento sobre a medicação e medidas básicas sobre hidratação,isolamento,higiene e responde a qualquer dúvida.

Imagem de uma das etapas do diagnóstico DIY

(O diagnóstico é neste momento feito sem qualquer intervenção humana. Não é verificada a história clinica do doente nem a sua medicação actual.)

Uma coisa é facto: Numa situação de emergência o país teve de optar, e prescindiu dos médicos apostando nos farmacêuticos bigsmile


Querendo agora opinar um pouco, acho que situações excepcionais requerem medidas corajosas e extraordinárias.
Na minha opinião tem vantagens e desvantagens, mas é certo que:
- Estas medidas tornam o acesso à medicação muito mais eficaz e permite que todo o sistema nacional de saúde continue a funcionar.
- O facto de o medicamento usado ter um perfil de segurança muito bom e ser quase isento de interações torna este processo relativamente seguro.
- O facto de a população ser bastante instruída e informada, também torna este processo mais facilmente exequível.
- Tem o ponto negativo, de que assim qualquer pessoa que queira ter uma caixa de Tamiflu o consiga, pois qualquer um sabe que opções seleccionar para atingir um diagnóstico positivo para a gripe A
- Pessoas super preocupadas e hipocondríacas vão invariavelmente atingir o diagnóstico positivo para a Gripe A, mesmo que não seja o caso
- O ponto mais negativo, na minha opinião, será o facto que este processo possa por vezes levar a um falso diagnóstico e assim retardar o diagnóstico de uma outra qualquer condição. (esta semana uma criança entrou num estado critico com meningite, sendo que teve um diagnóstico de meningite bastante tardio, estando nessa fase a meio do tratamento com o famoso Tamiflu)


DIY* = Do It Yourself

1 comentário:

  1. Brilhantes estes moradores do reino de sua magestade... hihi

    ResponderEliminar